Você sabia que… qual a origem dos cabelos cacheados/crespos?

Existem vários tipos de cabelos e para classificá-los foi feita uma nomenclatura específica para cada um deles, codificada do código 1A ao código 4C. Você já parou para pensar como se formam os cabelos cacheados e crespos? A formação tem origem genética e o aparecimento do ouriço – mais aberto, menos aberto, uma mistura dos dois – é a curiosidade que vamos satisfazer, ou seja, a textura.

O gene TRICHOHYALINA é um dos responsáveis ​​pela formação dos cabelos cacheados e crespos.

Liso, ondulado, cacheado e crespo: como existem esses tipos? O especialista tricologista Valcinir Bedin afirma que esses tipos de cabelo diferem com base na forma como a queratina é distribuída dentro do córtex capilar. Quanto mais for distribuído regularmente no cabelo, mais liso ficará o cabelo. Pelo contrário, se a distribuição da queratina for irregular, formar-se-ão cachos. Este não é o único motivo: como antecipamos, um estudo australiano identifica o gene TRICHOHYALINA como responsável pela formação dos cachos.

Inclinação do folículo piloso: esta condição física também pode determinar o tipo de cabelo. Se a raiz do cabelo, ou seja, o folículo, formar um ângulo de 90 graus com a pele, o cabelo ficará liso. Ângulos menores ou até quase paralelos à epiderme formarão cabelos cada vez mais crespos até ficarem crespos. Na prática, quanto mais curvo o folículo, mais crespo será a textura do cabelo.

Oleosidade versus ressecamento: normalmente quanto mais cacheado e crespo for o cabelo, mais seco ficará o cabelo. É simples determinar o porquê: a oleosidade natural do cabelo produzida no bulbo fará com que “mais caminho” flua por toda a extensão do cabelo até chegar às pontas. Esse fator físico faz com que os cabelos cacheados e crespos tenham uma tendência mais acentuada ao ressecamento.

Visite nossa loja ONLINE https://shop.belezapura.it


Siga-nos nestas páginas, ou visitando o Facebook e Instagram para estar sempre atualizado

Leggi questo articolo in: Italiano Português